quinta-feira, 16 de março de 2017

Dica para trabalhar a música “O sapo não lava o pé” com a Educação Infantil (maternal).


O sapo não lava o pé,
Não lava porque não quer.
Ele mora lá na lagoa, não lava o pé
Porque não quer.
Mas que chulé!

Objetivos:

1) apresentar o animal (o sapinho) e um dos seus ambientes preferidos;
2) incentivar e enfatizar a higiene;
3) estimular a imitação, criatividade, alegria.

Aplicação:

_cantar a musiquinha no momento da “Roda da música” ou “Hora da música”...
_cantar com as crianças sempre com gestos e visual (máscara do sapo, um fantoche...);
_ após cantar, pedir aos alunos que sentem em roda para uma conversa sobre a música (interpretação).
_faça perguntas:

1) Como se chama o animalzinho que não gosta de lavar o pé?
2) Você gosta de lavar seu pezinho?  (chegue mais perto das crianças andando pela roda) Ah! será?         Tem algum chulezinho por aqui? (momento de descontração)
3) Onde mora o sapo? Tem outro lugar em que ele também gosta de viver?
4) Porque será que o sapo não lava o pé, se ele mora na lagoa onde tem água?

_Neste momento, cante a musiquinha “sapo cururu” para as crianças perceberem que são o mesmo animal e que o ambiente que vivem também são (possuem água: lagoa e rio).
_Lance a pergunta: Será que o sapo não lava o pé, não é só porque não quer? Será que ele também não tem frio como o Sapo Cururu?
 Aqui você poderá entrar na questão de tomar banho também quando está frio, que a água da lagoa ou do rio é fria, mas mesmo que que não tenhamos água quente do chuveiro, a mamãe pode esquentar ... (aqui fica a critério do professor de acordo com sua clientela de alunos).
Eu dei esta aula finalizando a parte musical de uma forma divertida, mas ampliando a higiene pelo corpo todo, fui cantando a música mudando a letra:

O sapo não escova os dentes, não escova porque não quer.
Ele não escova o dente, não escova o dente porque não quer.
Mas que “bafinho”!
Siga o modelo com:
O sapo não lava a orelha...  Mas que sujeira!
O sapo não lava a cabeça... Mas que “piolhinho”!
O sapo não lava o sovaco... Mas que “cecê”!

Termine levando as crianças para o banho, ao “chuveirão” ou mesmo para lavar o rosto, mãos e escovar os dentes.


 

Uma boa e divertida aula!